5 ALIMENTOS GOSTOSOS QUE ESCONDEM SUBSTÂNCIAS BIZARRAS

mulher comendo alimento com substância estranha e bizarra
O que aquele delicioso sorvete de morango, o catchup, a cerveja, adoçantes e o chocolate tem haver com ratos, besouros, milho e bactérias? Bom, aparentemente não deveriam ter nenhuma ligação, mas vamos verificar algumas  substâncias estranhas que estão disfarçadamente presentes em alguns alimentos saborosos mais consumidos no mundo.

1. SORVETES E IOGURTES DE MORANGO ESCONDEM BESOUROS

iogurte de morango com besouros cochonilha ao lado
Cochonilha é o inseto de origem mexicana, que suga as seivas das plantas e inocula suas toxinas danificando as plantações. Ele é criado no mundo inteiro e também no Brasil para a produção do corante carmim que tem uma cor vermelha bem viva e é obtido ao se esmagar o corpo  já seco da fêmea deste besourinho.

Alguns doces (como jujubas), geleias, bolachas recheadas de morango e batons também são feitos com esse aditivo sendo  necessários em torno de 70 mil desses insetos para se fazer apenas 500 gramas de corante. Algumas pessoas (sobretudo crianças) podem desenvolver algum tipo de reação alérgica.

2. QUASE METADE DA CERVEJA NÃO É CERVEJA, É MILHO

Caneca de cerveja com milhos ao lado
Pesquisadores da conceituada Universidade de São Paulo (USP) constataram que em média 45% da cevada na cerveja vendida no Brasil está sendo substituída por milho. Isso ocorre porque o milho é 30% mais barato que a cevada, além de a legislação brasileira permitir essa "adulteração". Para completar essa história e confundir o consumidor, no rótulo da bebida vem a descrição do ingrediente misterioso: "cereais não maltados". 

3. KETCHUP CONTÉM GOSMA DE BACTÉRIAS

ketchup com gosma de bactéria dos lados
O catchup não é feito só de tomate. Entra em sua composição uma verdadeira meleca de bactérias, a goma xantana que é produto da fermentação das bactérias Xanthomonas campestris. Essa goma dá consistência aos alimentos industrializados como o katchup e também é usada em cremes dentais e até para engraxar brocas que perfuram petróleo.

4. O ADOÇANTE ASPARTAME É FEITO DE COCÔ DE BACTÉRIAS

frasco de adoçante asparte escrito no rótulo: feito à base de cocô de bactérias E. Coli
O adoçante aspartame, consumido por mais de 200 milhões de pessoas no planeta é produzido alimentando-se bactérias geneticamente modificadas (bacilos E. coli) para a coleta de suas secreções (fezes mesmo) que contém os aminácidos usados em sua fabricação, além de substâncias consideradas altamente tóxicas por estudiosos do assunto.

5. SEU CHOCOLATE PODE LEGALMENTE CONTER PARTES DE RATOS E BARATAS

barras de chocolate infestadas por baratas e rato
Se for um chocolate dos EUA, ele pode ter uma média de 8 partes de insetos. Esse fato é considerado seguro de acordo com as orientações do órgão regulador americano, o FDA. Se for chocolate brasileiro, uma barra de chocolate de 100 gramas pode ter até 10 fragmentos de baratas e um pelinho de rato, conforme permiti a resolução (RDC 14/2014) da ANVISA. São justamente os ratos que fazem com que agentes infecciosos e mais de 200 doenças catalogadas pela O.M.S. atinjam os seres humanos. Muito bizarro.


O que você achou? Podemos chamar de chocorrato ou baratolate? 
Comente aqui em baixo!

Comentários