SLENDER MAN: A LENDA URBANA MAIS QUE REAL


slender-man-observando-menina-na-floresta-pronto-para-atacar
O Slenderman ou Slender Man (que traduzindo livremente significa em português: homem esguio,delgado ou esbelto) é sem dúvidas uma das mais famosas lendas urbanas da atualidade. As pessoas que acreditam no Slender Man ou que afirmam já tê-lo visto, o descrevem como um ser sobrenatural muito alto intimamente associado a áreas arborizadas, cujos braços e pernas são extremamente longos usados para oprimir e capturar suas presas. Aqui veremos como o Homem Esguio tem agido diabolicamente para matar crianças, adolescentes e adultos.

Slenderman é real?

Quando alguém que ele escolheu raptar se põe em fuga, o Slendy não encontra dificuldade nisso. Ele é capaz de mudar de forma ou de se teletransportar para diminuir a distância entre ele e suas vítimas, além de causar alucinações, confusão mental e desespero em seu alvo, tornando a captura fácil e rápida. Então, uma vez que a pessoa foi dominada, o Homem Esguio pode colocá-la em um poderoso transe hipnótico levando-a para um local ou dimensão desconhecida. Detalhe: ninguém ainda conseguiu deduzir se o Slender Man absorve a energia vital ou simplesmente mata e come a carne dos humanos pois não há nenhum corpo ou qualquer outra evidência que ele deixe para trás.

Para uns Slender Man é real, já outros, dizem que ele não existe, alegando que ele nada mais é que um projeto de fotos no photoshop feito para um concurso na internet por um rapaz da Flórida nos E.U.A.

Crianças brincando em um parque sendo observadas à distância pelo Slender Man
Essas fotos editadas no Photoshop de crianças observadas em segredo por uma criatura estranha, de roupa preta, foram postadas no site Something Awful (que fez o tal concurso) e acabaram se espalhando na web como álcool se queimando. Não demorou para que indivíduos que viram as imagens do Slenderman, descrevessem suas experiências aterrorizantes com algo bem semelhante ao monstro naqueles retratos.

Muitos talvez não saibam, mas existem relatos antigos (estamos falando de séculos) muito anteriores à essa competição, vindos de muitos países com culturas diferentes. Na Escócia citam a aparição do Medo Dubh, na Holanda falam sobre o Takkenmann e na Alemanha fala-se em Der Großmann. Em todas essas supostas lendas há um homem esguio, alto, que gosta de florestas e persegue pessoas, sobretudo crianças.

Slenderman certamente deve ter aparecido na infância para esse pessoal que, por terem participado de uma situação altamente traumática, bloquearam (por instinto) as memórias desse acontecimento e só lembraram de tudo agora na idade adulta, quando começaram a rever as imagens do Slendy.

Houve um episódio em que uma senhora nos Estados Unidos ligou para um programa de rádio para falar sobre o tema dessa creepypasta, porém em pleno ar o apresentador precisou interromper a programação repentinamente pois a mulher, depois de alguns segundos explicando seu contato com o Slenderman quando menina, se desesperou inexplicavelmente pondo-se aos gritos e repetindo a frase: "não, não, não...de novo não...de novo não Slend..." até que do outro lado da linha se ouviu apenas um barulho como se algo pesado (um corpo?) caísse no chão de madeira e aí, a ligação caiu.


Acontecimentos estranhos envolvem o nome do Slender Man

garotas americanas que esfaquearam sua colega para agradar ao Slender Man
Anissa Weier e Morgan Geyser posando para registro policial
Fatos estranhos rodeiam o nome do Slender Man, aonde seu nome é citado, coisas sinistras acontecem: em 31 de maio de 2014, duas meninas Anissa Weier e Morgan Geyser, seguidoras do Slender Man, após 6 meses de planejamentos, atraíram sua colega, Payton Leutner, para uma floresta e a esfaquearam 19 vezes. Uma das facadas chegou a 1 milímetro de distância de uma importante artéria do coração. Enquanto as duas fugiam, Payton conseguiu se arrastar até a estrada e pedir ajuda a um motociclista.

Anissa Weier e Morgan Geyser pensaram que Slender Man as promoveria à posição de "servas oficiais" após tentarem matar Payton Leutner. As duas discípulas de Slendy planejavam escapar para a "mansão dos monstros" que viram na Internet, a qual estaria localizada na Floresta Nacional de Chequamegon-Nicolet, em Wisconsin. Durante o período de investigações uma das garotas disse: "Muitas pessoas não acreditam que o Slender Man seja real. Nós queríamos provar que os céticos estavam errados."

Após essa tragédia, uma mocinha de 13 anos de Ohio com o rosto escondido em uma máscara branca esfaqueou a própria mãe. Depois do ocorrido encontraram em seus pertences escritos e desenhos que faziam referência a demônios e ao próprio Slender Man.

Meses depois, uma outra mãe e seu filho de 9 anos acordaram com sua casa em Port Richey, na Flórida, em chamas. A filha de 14 anos (Lily Marie Hartwell que havia fugido) causou o incêndio ateando fogo a um lençol. Motivo?: Homem Esguio!


Lily Marie, a garota que incendiou sua casa por influência do Slender Man
Lily Marie Hartwell e sua casa incendiada

Depois de tudo isso poderíamos dizer que Slender Man é real? Estaríamos correndo perígo? Por via das dúvidas o melhor é você tomar cuidado, pois mesmo que o 
 Homem Esguio não esteja em um parque cheio de árvores ou na sua cama para te fazer uma surpresa sangrenta, um de seus silenciosos seguidores pode estar e talvez seja seu vizinho ou quem sabe seu melhor "amigo", mas você só descobrirá isso tarde demais. Além do mais, lendo sobre esse assunto, é provável que você já tenha atraído a atenção do Slender Man. Lembre-se disso quando estiver na escuridão de seu quarto e feche bem as portas e janelas porque espero que você escape vivo após essa noite.

Comentários