7 BICHOS EXÓTICOS MAIS ESTRANHOS DO PLANETA

 Harpia, shoebill e marabu: três aves exóticas e estranhas do planeta
Sabemos que o destino de muitas espécies é certamente a extinção, por isso queremos compartilhar (enquanto ainda há tempo) uma lista contendo os 7 bichos exóticos mais estranhos do planeta terra. Aprecie sem moderação!



BARATA D'ÁGUA GIGANTE

barata gigante devorando um peixe em uma árvore
A Kirkaldyia deyrolli é uma espécie de barata d'água gigante.da subfamília Lethocerinae conhecida por caçar peixes, sapos, cobras e até mesmo pequenos filhotes de tartarugas e de patos.

Existem aproximadamente 150 espécies conhecidas entre as quais as maiores  são as que vivem na América do Sul e podem chegar a 10 centímetros.

Esse bicho é um predador voraz de campos de arroz e áreas alagadas. Para capturar suas presas o inseto se camufla no ambiente e quando sua provável refeição fica ao seu alcance ele as agarra com as patas dianteiras e perfuram a vítima   injetando substâncias que vão deixá-las anestesiadas e dissolver seus tecidos para que a barata gigante possa sugar tudo de volta.


DRAGÃO BARBUDO

lagarto exótico dragão barbudo com a boca aberta
O Dragão Barbudo cujo nome científico é Pogona vitticeps, é um lagarto que  chega a medir 60 cms, vivendo em regiões  secas e arborizadas do interior da Austrália. Ao redor do pescoço ele tem escamas mais escuras, formando uma espécie de colar parecido com uma  barba.

O Pogona vitticeps se tornou um dos animais mais populares no mercado de bichos de estimação exóticos por causa de seu temperamento dócil. Devido às leis de proteção ambientais da Austrália que proíbem a exportação de seus animais nativos, o dragão barbudo que é vendido nas lojas pet são o resultado de produção em cativeiro. Este bicho exótico se alimenta  de insetos e plantas do deserto.


SAPO MUSGO DO VIETNAM

sapo musguento do Vietnam sobre uma pedra
Nativos do Vietnã, esses sapos vivem em cavernas cobertas de musgo, nas fendas e nas margens dos córregos das montanhas rochosas. Como resultado, eles são quase impossíveis de serem percebidos quando estão parados. Estes sapos têm almofadas adesivas e podem pular. Os machos têm um calo pronunciado na base do dedo interno.

Eles comem grandes insetos, como grilos e baratas. Essa espécie cresce até 8 centímetros, mas os exemplares  machos normalmente tendem a ser menores e mais magros que as fêmeas.


TEXUGO MEL ( Mellivora Capensis )

texugo mel mostrando os dentes ameaçadoramente
O nome texugo mel vem das quantidades de mel que consome. Também conhecido como o ratel esse animal é um mamífero amplamente distribuído na África , Sudoeste da Ásia  e no subcontinente indiano . 

Apesar do nome, o texugo de mel não se parece muito com outras espécies de texugo e em vez disso, possui mais semelhanças anatômicas com doninhas . É predominantemente carnívoro possuindo pouquíssimos predadores naturais por causa de sua pele grossa que o protege dos ferrões de abelha, dos escorpiões e até das presas das cobras, além da força e habilidades defensivas ferozes. Ele é listado como o "animal mais destemido do mundo"  pelo Guinness Book of World Records .

Sendo um baixinho invocado praticamente sem medo, O ratel ataca e mata qualquer coisa que se movimente e devora em apenas 15 minutos uma cobra de 1,50 metros.


RATO TOUPEIRA PELADO ( Heterocephalus Glaber)

rato toupeira sem pelos no corpo e dentes muito grandes
Segundo os pesquisadores, esses ratos vivem muito mais do que outros ratos. São quase que um tipo de super rato (Super Mouse?) pois são resistentes ao câncer e qualquer tipo de dor provocadas por fogo, pimenta e outros produtos químicos.

Cogita-se que sua resistência é adquirida no local onde vivem, no subterrâneo com níveis baixos de oxigênio e altas concentrações de amônia e dióxido de carbono, que afetariam seus nervos deixando-os “desligados”.

Essa espécie de rato  passa a vida inteira, ou maioria  dela, debaixo da terra sendo , raramente vistos na superfície. Eles tem uma rainha do grupo que acasala-se somente com um  rato toupeira macho. Ela comanda o grupo mantendo controle por meio de feromônios presentes em sua urina, quando os outros ratos entram em contato com a urina ficam suscetíveis a ela.

A rato toupeira rainha é totalmente dominadora e exclusivista. Ela  impede qualquer membro do grupo de acasalar e se perceber que outros machos estão com interesses reprodutivos, ela lhes poe no lugar dando-lhes surras e empurrões. 

Esse mamífero roedor pode ser encontrado na Etiópia, no Quênia e na Somália.


AYE-AYE (Daubentonia Madagascariensis)

primata muito feio e esquisito de madagascar
O aie-aie, também ai-ai ou aye-aye é um primata encontrado em Madagáscar. Animal de hábitos noturnos e arborícola, possui pelo negro e um dos seus dedos é maior, que usa para conseguir caçar larvas nos buracos das árvores.

Lendas locais tem contribuído para que o animal corra perigo de extinção. Os habitantes da região creem que encontrar com um aye-aye é sinal de mal agouro significando que algum morador da aldeia logo morrerá. Temendo por essa suposta natureza maligna desse bicho esquisito, os nativos acabam o matando.

Sua aparência não é muito simpática e alguns dizem que o aye-aye (parente dos lemures)  entra nas casas à noite para amaldiçoar os moradores com seu longo dedo médio. 


LAGARTIXA DE CRISTA

animal em extinção lagartixa de crista
Originária da Nova Caledônia. Esta espécie foi considerada extinta até ser redescoberta em 1994 quando sua comercialização como animal exótico de estimação foi retomada.​ Ela gosta de comer pequenas porções de frutas e grilos. 

Essas lagartixas não têm pálpebras e precisam lamber os olhos com a língua de tempos em tempos para conservar a umidade e mantê-los limpos. A lagartixa de crista pode viver até 20 anos em cativeiro.

Comentários