FOTOS POST MORTEM: AS MACABRAS IMAGENS VITORIANAS

caveira humana com sorriso macabro
Fotos post-mortem vitorianas eram nada mais que imagens em retratos pintados a mão ou fotografias feitas através de um aparelho chamado daguerreótipo (como uma forma de recordação) de pessoas queridas que acabavam de morrer. 

Essas fotografias eram predominantes na famosa época de reinado da Rainha Vitória, um período da história humana compreendido entre  os anos de 1838 e 1901, marcado por acontecimentos e costumes que hoje são considerados  bem estranhos e macabros. Vamos ver?




cadáver de  índio cherokee em foto post mortem com rifle na mão
Nesta foto post mortem temos um indio norte americano chamado Ned Christie também conhecido como NeDe WaDe em Cherokee. Ele era um estadista Cherokee. Foi acusado, injustamente, de assassinar um marechal dos Estados Unidos . Isso o transformou em um fora da lei e acabou sendo morto pelas autoridades.



familiares aparecem em foto post mortem com moça morta
Aqui, os rosto das pessoas vivas está mais borrado, pois se houvesse algum movimento o daguerreótipo não registrava muito bem a imagem. Como os mortos dificilmente se movem, a moça teve seu rosto mais nítido.


foto post mortem com marido vivo e esposa morta sobre uma cama
Essa ficou bizarra! A esposa falecida e o marido com olhar sombrio!



idoso em foto pós morte com dentes à mostra
Um senhor avançado em idade! Essa foto post mortem nos dá uma lembrança do Conde Drácula descansando em seu caixão.


vaqueiro americano morto dentro de um caixão com suas armas
No caixão apertadíssimo eis um cowboy norte americano pegando em suas armas pela última vez.



corpo de um homem dentro de um caixão rodeado por velas acesas
Essa é uma foto pós morte muito macabra e também nos faz lembrar do Conde Vlad  3.º




fotografia pós morte de dois cães com cadáver de seu dono sentado em uma cadeira
Os cachorros e seu antigo dono falecido, mas os cães já sabem, eles sentem a morte!


foto post mortem de criança
Essa criança teve seus olhos pintados à mão por volta de 1870. Era um prática bastante comum para conferir às imagens post mortem vitorianas um ar de naturalidade e frescor!

Comentários